sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Hierarquias e dominações, a luta pelo controle

o MISTÉRIO DO UFOS E SUA LIGAÇÃO COM NEFILINS.

http://www.amazon.com.br/gp/product/B00RWIWZGA


Obra que aborda cabala, sephiroth, grandes segredos do universo. A ligação entre os mundos e a atuação destas hierarquias no presente e no futuro do planeta. Vivemos uma guerra entre dimensões... Vivemos uma guerra entre hierarquias e...
AMAZON.COM.BR



Em vários acontecimentos catastróficos no mundo os OVNIS são vistos, eles parecem saber o que vai acontecer de antemão e estão ali para monitorar os eventos que vão alterar o futuro do planeta. Isso tudo está ligado a hierarquias e dominações superiores. Muitos terremotos e catástrofes que assolam o mundo são reflexos da guerra nos universos paralelos dos anjos de Hashem contra as forças do caos. Esta guerra é citada em Apocalipse 12 e está decidindo o futuro do planeta, o Apocalipse é quando estas hierarquias lutarão no físico, invadirão a terra para o controle, a terra será disputada numa batalha terrível entre o Dragão e Mikael.
Conheça esta obra.
Ela mostra o Apocalipse já acontecendo nos mundos paralelos.
Em breve a terra passará por grandes mudanças.
http://www.amazon.com.br/gp/product/B00RWIWZGA
Vivemos a ultima hora, o Apocalipse se aproxima.
Adicionem teus amigos ao TRIANGULO DOURADO, vamos denunciar a conpiração.
no Facebook nosso grupo é
http://www.facebook.com/groups/128568293845490/?bookmark_t=group
nosso site é
www.lamech.com.br


segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Gorbachev fala contra expansão da OTAN em direção a Russia

Mikhail Gorbachev: “América deve ser parada. Parada amigavelmente”.

Mikhail Gorbachev, foto de arquivo
Mikhail Gorbachev, foto de arquivo

O primeiro presidente da URSS, Mikhail Gorbachev, falou em entrevista à apresentadora do canal de TV Russia Today, Sophie Shevardnadze, de sua avaliação da situação atual no mundo, da expansão da OTAN para leste, das sanções antirrussas e da Crimeia.

Apresentamos aqui uma versão resumida da entrevista.
– Quando foi negociada a unificação da Alemanha, o secretário de Estado dos EUA disse que a OTAN não se moveria para o leste da Alemanha nem por uma polegada. Essas conversas não se tornaram documentos, ninguém foi obrigado a fazer nada. Agora, quando as paixões estão em alta, chegar a um acordo semelhante sobre a Ucrânia é ainda mais impossível. A OTAN não vai parar até chegar às fronteiras da Rússia?
– A America está se intrometendo aqui. Olhando o que faz a América a Rússia também faz seus passos, às vezes desnecessários. Assim tudo isso cresce.
Os norte-americanos já estão em todo lado. Ora eles estão instalando defesa antimíssil em todas as cidades, por todas as fronteiras, ora estão abrindo bases militares.
Há dias dei uma entrevista à revista The Time. Eu disse-lhes: “Eu não entendo vocês. Ainda Eisenhower vos advertiu sobre o que têm a temer. O perigo está no complexo militar-industrial. E a OTAN está se intrometendo em tudo, não lhe chega o espaço que lhe foi destacado. O que está acontecendo com vocês? A América agora não vive sem que o complexo militar-industrial se desenvolva, sem que o comércio de armas se expanda, sem que as despesas em guerra aumentem. Vocês não conseguem viver sem isso?”.
Responderam-me: “Não. Parece que não”.
Aí eu disse: “Então escute, então esta é uma sociedade doente. Ela deve ser tratada”.
– Para quê a OTAN continua seu movimento para leste, na sua opinião?
– Tal é a sua cultura política. E militar. John F. Kennedy, um homem que viveu a crise do Caribe, disse: “Escutem, vamos deixar de demonizar os russos. Eles são como nós. Eles querem criar seus filhos, viver em paz, alegrar-se, e assim por diante”.
Que outra coisa dizia John F. Kennedy? “Se você acha que o futuro do mundo é a Pax Americana, você está errado. Ou o mundo é para todos, ou não há mundo”. Absolutamente certo. Duro, grave, mas do jeito que realmente é.
E agora tudo começou com os americanos que de repente começaram a afirmar-se... A Guerra Fria acabou, nós acabamos com ela juntos, e isso é uma vitória comum para todos os povos. Os norte-americanos dizem: “Como assim? Nós vencemos, vencemos na Guerra Fria. Nós”.
Como queiram, desfrutem, se quiserem, por assim dizer. Mas daí segue que se os americanos venceram, eles concluem: “Nós não precisamos mudar nada. Nós vencemos, o mundo está aos nossos pés. Para quê mudar seja o que for? Nós estamos conduzindo a política certa”. E a coisa mais extrema – eles começaram a propôr criar uma nova... superpotência, um super-império. A América quer mandar no mundo inteiro.
Tantas forças que nós gastamos em nosso tempo, tantos recursos. Finalmente chegamos à paz, começamos a mover-nos... e tudo isso em vão?
É possível chegar a acordos se surge fé, confiança mútua. Havia confiança, e nós conseguíamos isso. E depois este império. Os norte-americanos se perderam. Qualquer tentativa de criar um mundo unilateral, unipolar são um absurdo, um disparate.
– Você é prêmio Nobel da Paz. E Obama Barack também é ganhador do prêmio Nobel da Paz. O que você pensa disso, que ele é um colega seu, um companheiro de clube, por assim dizer?
– Para ele isso era como que adiantado – isso também pode acontecer na política. Um dia eu estava dando uma palestra em St. Louis. Quando terminei, um jovem se levanta e pergunta: “Sr. presidente, o que pode nos aconselhar, aos norte-americanos ?” Eu disse: “De que se trata?” “Bem, você vê como as coisas estão ruins aqui. E cada vez piores na América”. Eu disse: “Ora bem, você sabe, isso é algo novo. Até agora, era a América que nos dava conselhos a todos. Embora ninguém a pedia, ela dava conselhos. Não, eu não vou vos dar conselhos. Vocês, norte-americanos, têm tudo o necessário para compreender e decidir por conta própria”.
Então se levanta outro e diz: “Eu quero apoiar o meu colega. Diga, por favor. Vocês já passaram por tudo isso. Nós também precisamos fazer algo”. Eu disse: “Bem, eu não vou vos dar nenhum calendário ou menu. Eu só acho que a América precisa de sua própriaperestroika”. Essas 10 ou 15 mil pessoas que estavam na plateia se levantaram e aplaudiram de pé.
– Você também disse numa entrevista que os Estados Unidos se comportam como um policial do mundo. E acreditam que só eles podem proteger o mundo. E quem é seu inimigo? Contra quem eles se estão defendendo?
– Eu acho que eles não têm ninguém de quem se defender, isso é rebuscado. Eles precisam de um inimigo para voltar à velha política de pressão, de comando. Eles não podem viver sem isso. Portanto, a América deve ser parada. Parada amigavelmente, como a um parceiro.
Acho que devemos ser realistas. Os Estados Unidos da América são um fenômeno que deve ser tomado em conta no mundo, e eles têm certos direitos de dizer palavras sérias e tomar certas decisões no interesse de todo o mundo, mas a liderança hoje só pode ser de parceria, coletiva.

As opiniões expressas são de responsabilidade do entrevistado

http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_12_22/Mikhail-Gorbachev-America-deve-ser-parada-Parada-amigavelmente-1733/

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Aumenta a tensão em Jerusalém


fonte

http://www.aljazeera.com/news/middleeast/2014/11/jerusalem-tense-amid-home-demolitions-20141120142515555572.html

Jerusalém tensa em meio a demolições de casas

Confrontos entre palestinos e forças de segurança israelenses irrompem como famílias de atacantes mortos receber avisos da polícia.

Última atualização: 20 de novembro de 2014 21:06
Email artigo
 
Imprimir artigo
 
Compartilhar artigo
 
Enviar comentários
As forças de segurança israelenses dispararam gás lacrimogêneo contra os manifestantes em Jerusalém Oriental ocupada como as tensões permanecem altas durante demolições de casas ordenadas pelo primeiro-ministro israelense, após um ataque mortal de dois palestinos em uma sinagoga no início desta semana.
Jovens palestinos na sexta-feira atiraram pedras contra os camiões e carros à espera para atravessar um obstáculo como a polícia israelense entregou avisos casa demolição para as famílias de duas das pessoas responsáveis ​​pelo ataque de terça-feira na sinagoga Kehilat Bnai Torah em Jerusalém Ocidental.
Israel ordens de demolição de casas dos atacantes
Fontes Al Jazeera disseram que pelo menos 12 pessoas ficaram feridas em confrontos com a polícia perto de Abu Dis, nos arredores de Jerusalém.
Confrontos pesados ​​também foram relatados em Jabal al-Makbar, a sudeste de Jerusalém, mas número de vítimas é desconhecido.
Ele veio um dia depois de o pessoal de segurança israelenses destruíram uma casa em Jerusalém Oriental pela primeira vez em cinco anos.
Embora a tática causou muita controvérsia e debate sobre a sua eficácia, Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro israelense, tem intensificado as ordens de demolição em que ele chama de um esforço para acabar com a violência.
Disse Abu Jamal, um primo dos dois atacantes sinagoga, segundo a polícia convocou suas famílias na quinta-feira e emitiu as ordens de demolição.
Os dois primos palestinos de Jerusalém Oriental - Ghassan Abu Jamal e Oday - entrou em uma sinagoga lotada na terça-feira de manhã, matando quatro fiéis e um policial drusa árabe com cutelos e tiros antes de serem mortos.
Al Jazeera em árabe na quinta-feira informou que a tenda funeral de um dos primos foi invadido por forças israelenses.
Mais notificações de demolição
Adnan Husseini, a Autoridade ministro palestino para Assuntos de Jerusalém, disse que as famílias dos outros dois atacantes palestinos - Ibrahim al-Akari e Moataz Hijazi - recebeu avisos semelhantes na quinta-feira.
Um porta-voz da polícia israelense disse que estava verificando o relatório.
Linha do tempo: Uma revisão dos eventos críticos que marcaram a história de al-Aqsa em Jerusalém.

Al-Akari foi baleado pelas forças de segurança, depois de matar dois israelenses no início deste mês, quando ele dirigia seu carro em uma estação de metro ligeiro de Jerusalém.
A polícia israelense também matou Hijazi após ele ter atirado e ferido gravemente um ativista israelense que tem feito lobby para um maior acesso judaica a um local religioso de Jerusalém sensível em outubro.
Onze pessoas morreram em cinco incidentes separados, nas últimas semanas, a maioria deles em Jerusalém, mas também em Tel Aviv e na Cisjordânia ocupada.
Pelo menos cinco palestinos envolvidos nos ataques foram mortos.
A violência ocorreu num contexto de tensões sobre o acesso ao site de Jerusalém mais sagrado islâmico, composto al-Aqsa ou Haram al-Sharif, conhecido pelos judeus como o Monte do Templo.
Os palestinos temem que Israel quer permitir que os judeus para rezar lá, quebrando um status quo em vigor desde 1967.
Netanyahu e outros líderes israelenses têm repetidamente negado o pedido, mas os políticos nacionalistas têm cada vez mais agitado tensões por visitar o site.

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Ucrania aproxima Otan da Russia, causando perigo de III Guerra

Ucrânia aproxima OTAN das fronteiras da Rússia

Ucrania, OTAN, Russia, crise, exercito
Foot de arquivo

A OTAN irá realizar na Ucrânia, entre 15 e 26 de setembro, as manobras militares Tridente Rápido. Essa decisão foi anunciada a 4 de setembro na cúpula da Aliança no País de Gales. Militares de 15 países da OTAN irão entrar no território desse país vizinho da Rússia.

O Plano de Prontidão de Ação da OTAN prevê o reforço das Forças de Reação Rápida. Isso irá ser feito através de um corpo especial de elevada prontidão composto por cerca de 4 mil elementos. A OTAN prtende igualmente aumentar seu destacamento aéreo na Estônia. Simultaneamente, no mar Negro entra o terceiro contratorpedeiro dos EUA.
O aumento da presença aérea e naval perto das fronteiras da Rússia será reforçado com a criação de até cinco bases terrestres da OTAN na Europa Oriental. Todas essas ações prtendem abertamente aumentar a confrontação e agrava significativamente a ameaça à segurança nacional da Rússia. Essas ações da OTAN irão, naturalmente, obrigar a Rússia a tomar medidas de resposta, considera o perito militar Viktor Baranets:
“O bloco militar tenta exercer uma pressão total sobre a Rússia para que ela atue e se comporte da forma que convém à Aliança. E à OTAN convém só uma coisa: que a Rússia deixe de exercer qualquer influência no desenvolvimento da situação na Ucrânia, para que essa situação evolua de acordo com o cenário da OTAN e não da Rússia. Tudo isso contém muita malícia, hipocrisia, mentira e provocação. Neste momento se decide um problema histórico a nível global – o mundo não pode ser monopolar. É precisamente a Ucrânia que se torna na plataforma em que a OTAN tenta reforçar sua doutrina de supremacia mundial e não deixar a Rússia se tornar numa das forças de um mundo multipolar.”
As manobras da OTAN em território da Ucrânia, numa situação em ela está de fato envolvida numa guerra civil, é uma ameaça evidente. Sobretudo uma ameaça à estabilidade na Europa. Também se trata de um teste à resistência política e à clarividência de Moscou. Entretanto seria ridículo dizer que isso poderia assustar de alguma forma a Rússia, considera o perito do Instituto de Estudos Estratégicos da Rússia Serguei Mikhailov:
“É evidente que nem os aviões na Estônia, nem os três navios que irão navegar no mar Negro, nem as manobras no ocidente da Ucrânia irão influenciar de alguma maneira a posição da liderança político-militar da Rússia relativamente ao conflito na Ucrânia. Isso é completamente evidente. Simplesmente, Barack Obama precisa de demonstrar que é um presidente forte. Nesse aspeto a OTAN não inventou nada melhor que exibir músculos militares, apesar de esses músculos serem, sinceramente, fraquinhos. Isso deve ser, provavelmente, calculado para consumo interno da OTAN, mais como uma forma de acalmar de alguma maneira os círculos mais histéricos nos Países Bálticos do que uma verdadeira tentativa de pressionar a Rússia. Isso é inútil. Eu penso que os próprios norte-americanos compreendem isso perfeitamente.”
A cúpula da OTAN reforçou claramente a aposta no agravamento das relações dos EUA e da Europa com a Rússia. Tanto mais que ele deu o seu aval à União Europeia para novas sanções contra a Rússia. Simultaneamente ele assegurou Kiev do seu apoio e disponibilizou apoio militar ao presidente da Ucrânia Piotr Poroshenko. Moscou irá decidir por si própria de quem ser amigo e de que forma. Entretanto as amabilidades que a OTAN demonstrou em relação à Ucrânia irão, provavelmente, enviar um falso sinal ao “partido da guerra” em Kiev, o qual provocou uma guerra civil no leste do país.
A OTAN sempre se pronuncia categoricamente contra a prestação de auxílio militar a uma das partes em um conflito militar. Mas no País de Gales os países-membros da OTAN prometeram a Kiev material e equipamento “letal e não-letal”. Disponibilizaram 15 milhões de dólares para o reforço das estruturas militares. Isso é um estímulo direto à operação militar no leste do país. Também é mais um motivo para os milicianos do leste da Ucrânia duvidarem da sinceridade das declarações de Piotr Poroshenko sobre o início de um abrandamento da crise.

http://portuguese.ruvr.ru/2014_09_06/Ucr-nia-aproxima-OTAN-das-fronteiras-da-R-ssia-1873/

sábado, 18 de outubro de 2014

PERITO DO IRÃ DIZ QUE ESTADO ISLAMICO FOI CRIADO PELOS EUA

Perito iraniano: um dia o Estado Islâmico será uma ameaça para os EUA

EUA, EI, ameaça

Sete séculos depois, no Oriente Médio decorre novamente uma jihad contra os “infiéis” levada a cabo pelos combatentes do Estado Islâmico (EI). Eles se consideram como seguidores de Ibn Taymiyyah e defendem uma interpretação exclusivamente política e belicista da jihad.

Eles odeiam os xiitas e os seguidores de outras correntes religiosas equiparadas, já não falando dos cristãos e judeus. Assim, o Estado Islâmico tenciona destruir os santuários católicos do Vaticano e xiitas no Irã.
Até que ponto é realista uma intervenção do EI na Europa e no Irã, é o que explica em entrevista ao nosso correspondente o cientista político de Teerã e antigo editor da agência noticiosa Mehr (MNA) Hassan Hanizadeh:
Voz da Rússia: O principal órgão de imprensa do Estado Islâmico escreve sobre as intenções dos seus militantes em conquistar o centro do catolicismo mundial – o Vaticano. Um pouco antes surgiram informações que o EI tencionava invadir o Irã. Na sua opinião, deveremos acreditar nessas ameaças e entendê-las de forma literal?
Hassan Hanizadeh: Antes de mais, quero sublinhar que o EI não é nada mais que uma verdadeira associação de terroristas de todo o mundo, provenientes de cerca de 80 países, formada e dirigida pelos EUA, Reino Unido, Arábia Saudita, Catar e Turquia. Nos quatro anos que decorreram desde a fundação deste movimento terrorista, as vítimas civis entre a população yazidi, cristã e xiita são incontáveis no Iraque e na Síria. Milhares de civis da região foram escravizados.
O EI é uma criação dos EUA e seus aliados. Sob pretexto da luta contra os militantes, Washington tencionava intervir no território dos países do Oriente Médio e se imiscuir na sua política interna e externa. Nós vemos como esses planos do Ocidente são executados com sucesso na Síria e no Iraque, onde eles destroem de forma planejada, ou já destruíram, as economias nacionais e danificaram as estruturas do Estado. Já neste momento se pode prever os futuros passos dos EUA nesses países: eles tentarão penetrar aí sob o pretexto de reconstrução da economia, mas na realidade irão alargar a sua influência nesta região.
É precisamente por essa razão que o EI tenta assustar o Irã e ameaça sua segurança, nós temos ouvido tais apelos com regularidade nos últimos tempos. Contudo, as forças armadas iranianas possuem experiência de combate contra os terroristas do Estado Islâmico: ainda não há muito tempo que unidades do exército do Irã realizaram com sucesso, na fronteira entre o Irã e o Iraque, uma operação para impedir o acesso dos combatentes do EI a regiões do noroeste do país. Em resultado, o inimigo teve não apenas de retirar mas até de se pôr em fuga. Depois disso não houve mais tentativas do EI em fazer incursões fronteiriças no Irã.
Voz da Rússia: A vossa posição quanto a uma invasão do Irã pelo EI é compreensível. Mas até que ponto serão reais as ameaças que partem do Estado Islâmico contra os países europeus?
Hassan Hanizadeh: No início dos anos 80, os norte-americanos criaram a Al-Qaeda para combater a União Soviética, hoje eles criaram o EI para combater seus adversários ideológicos no Oriente Médio. Tal como no seu tempo a Al-Qaeda, hoje o EI pode sair do controle estadunidense e criar muitos problemas ao Ocidente, realizando atentados tanto nos países europeus, como nos Estados Unidos. Não é um fato que o EI vá continuar a servir os interesses ocidentais.
Voz da Rússia: Até aonde poderá o Estado Islâmico estender suas fronteiras num futuro previsível?
Hassan Hanizadeh: É bastante provável que os militantes do EI queiram alargar seus domínios de acordo com os planos anteriormente divulgados: ou seja, apontar para o Norte de África, se aproximando diretamente da Europa. Outra direção para sua expansão de fronteiras é a Ásia Central. Assim eles poderão se aproximar da Índia e do Paquistão e manter o Sudeste Asiático sob tensão. Mas isso são suposições. Com toda a certeza só posso afirmar o seguinte: um dia o Estado Islâmico será uma ameaça para os Estados Unidos e para todo o Ocidente.


http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_10_18/Perito-iraniano-um-dia-o-Estado-Isl-mico-ser-uma-amea-a-para-EUA-1577/

Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_10_18/Perito-iraniano-um-dia-o-Estado-Isl-mico-ser-uma-amea-a-para-EUA-1577/

terça-feira, 30 de setembro de 2014

CONSTRUA SEU MANTO DE INVISIBILIDADE

Construa seu próprio manto da invisibilidade

Redação do Site Inovação Tecnológica - 29/09/2014]


http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=como-construir-um-manto-invisibilidade&id=010160140929#.VCtgcPldWos
Como construir um manto da invisibilidade
Finalmente um manto da invisibilidade que você mesmo pode construir. [Imagem: J. Adam Fenster/University of Rochester]
Como construir um manto da invisibilidade
Que tal construir seu próprio "manto da invisibilidade"?
Não é exatamente um manto, mas este é o primeiro experimento de invisibilidade que utiliza apenas materiais comuns - lentes -, o que permite que ele seja reconstruído por qualquer pessoa com um conhecimento básico de óptica - ou com a ajuda de um professor.
Os mantos da invisibilidadedesenvolvidos até agora consistem em fazer a luz passar por materiais artificiais, construídos seguindo cálculos matemáticos muito precisos, de forma a forçar a luz a fazer caminhos não usuais, o que permite fazer os objetos desaparecerem.
John Howell e Joseph Choi, da Universidade de Rochester, nos Estados Unidos, surpreenderam toda essa área de pesquisas criando um dispositivo de invisibilidade baseado unicamente em lentes comuns.
A combinação de quatro lentes mantém o objeto por trás delas invisível. Além disso, a invisibilidade se mantém conforme o observador move-se vários graus além do ângulo correspondente à posição ótima de visão - a maioria dos mantos de invisibilidade só funciona de um ângulo muito preciso.
"Este é o primeiro aparelho de nosso conhecimento que consegue gerar uma invisibilidade tridimensional contínua, e que funciona para transmitir luz no espectro visível," disse Choi.
Como construir um manto da invisibilidade
A camuflagem permite que um cirurgião olhe através de suas próprias mãos e veja o corpo do paciente. [Imagem: J. Adam Fenster/University of Rochester]
Camuflagem multidirecional paraxial
A fim de encobrir o objeto e deixar o plano de fundo intocado, os pesquisadores determinaram o tipo de lente e a capacidade de ampliação necessária, bem como a distância precisa separando as quatro lentes.
Segundo eles, o dispositivo é uma "camuflagem multidirecional para-axial" - ou paraxial, a qualidade de algo que fica ao longo de um eixo central - que pode ser escalonada para qualquer dimensão, podendo esconder objetos maiores.
A configuração muito simples da camuflagem produz resultados bem superiores a vários outros dispositivos de invisibilidade, mas ela não é perfeita.
"Este manto da invisibilidade desvia a luz e a envia através do centro do dispositivo, de modo que a região do eixo não pode ser bloqueada ou camuflada," explica Choi.
Isto significa que a região camuflada tem a forma de um pneu. Choi afirma que ele e Howell já têm projetos um pouco mais complicados que resolvem essa deficiência. Além disso, a camuflagem tem problemas nas bordas, mas estes podem ser reduzidos quando são utilizadas lentes suficientemente grandes.
Aplicações práticas
Apesar das deficiências iniciais, os dois pesquisadores garantem que há aplicações potenciais para sua invisibilidade óptica no estado em que ela se encontra.
Entre elas está a possibilidade de usar a camuflagem para efetivamente deixar um cirurgião olhar através de suas mãos para ver a parte do corpo do paciente que está sendo operada.
Os mesmos princípios podem ser aplicados para permitir que motoristas enxerguem os pontos cegos de seus veículos.
Como construir um manto da invisibilidade
Em seu experimento, os pesquisadores usaram lentes acromáticas de 50 mm com distâncias focais f1 = 200 mm e f2 = 75 mm. [Imagem: Joseph S. Choi/John C. Howell]
Peça ajuda ao seu professor
Os dois pesquisadores forneceram uma receita para que pessoas com um conhecimento básico de óptica possam construir seus próprios mantos de invisibilidade óptica.
A receita parece adequada para trabalhos em sala de aula, com o auxílio de um professor para orientar e tirar as dúvidas - o artigo dos pesquisadores, citado abaixo, está disponível apenas em inglês.
  1. Pegue dois conjuntos de duas lentes com diferentes comprimentos focais - 4 lentes no total, duas com distância focal f1 e duas com distância focal f2.
  2. Separe as duas primeiras lentes por uma distância equivalente à soma das suas distâncias focais - f1 será a primeira lente, f2 será a segunda lente, e elas serão separadas por t1 = f1 + f2.
  3. Repita o passo 2 para as outras duas lentes.
  4. Separe os dois conjuntos por t2 = 2 x f2 x (f1 + f2)/(f1 - f2) - as duas lentes f2 devem ficar separadas por t2.
Observações adicionais fornecidas pelos pesquisadores:
  1. Lentes acromáticas proporcionam melhor qualidade de imagem.
  2. Lentes de Fresnel podem ser usadas para reduzir o comprimento total (2t1 + t2).
  3. Um menor comprimento total deve reduzir os efeitos de borda e aumentar a gama de ângulos de visão.
  4. Para um manto da invisibilidade mais simples, mas não tão perfeito, pode-se tentar a camuflagem de 3 lentes descrita no artigo.
Bibliografia:

Paraxial Ray Optics Cloaking
Joseph S. Choi, John C. Howell
Optics Express
http://arxiv.org/abs/1409.4705


http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=como-construir-um-manto-invisibilidade&id=010160140929#.VCtgcPldWos

domingo, 21 de setembro de 2014

Porque usamos o nome TRIANGULO DOURADO

Por que usamos o nome de triangulo dourado?

___ Por que vocês usam o nome Triângulo Dourado no grupo de vocês?

Lamech estava no terraço vendo sua mulher lidar peixe que ele tinha pescado de molinete na noite anterior e respondeu.
___ Sama descobriu o que é na verdade o Triângulo Dourado, então pesquisei mais a respeito e descobri que é o triângulo de ouro da geometria. Este triângulo dourado é formado por dois ângulos embaixo de 72 graus. Somando os dois ângulos temos o número 144, em baixo, o número dos 144.000, os eleitos que vão salvar o planeta. Estes ângulos estão embaixo, pois simbolizam as duas colunas do templo eterno do Messias, Jachim e Boaz, as mesmas duas colunas são os dois ramos de oliveira vistos por Zacarias que representam Judá e Efraim, também Enoch e Elias que comandarão os 144.000 na terra.


Que são as duas oliveiras à direita e à esquerda do castiçal?
E, respondendo-lhe outra vez, disse: Que são aqueles dois ramos de oliveira, que estão junto aos dois tubos de ouro, e que vertem de si azeite dourado?
E ele me falou, dizendo: Não sabes tu o que é isto? E eu disse: Não, senhor meu.
Então ele disse: Estes são os dois ungidos, que estão diante do Senhor de toda a terra.

Zacarias 4:11-14


Rodolfo cabeção comentou:
___ Legal, azeite dourado, dois tubos de ouro, são as duas pontas ou dois ângulos terrestres que ligam a terra aos mundos celestes, mas o que é o ângulo superior do triângulo dourado.
___ O ângulo superior é de 36 graus, ele representa 36 hierarquias ou mundos celestes. Somando 3 com o 9 temos o número do Espírito Santo, o número dos 9 dons do Espírito Santo. Somando o ângulo superior do Triângulo Dourado com os ângulos inferiores temos o total de 180 graus. Fantástico, 180 é a metade de 360, o círculo completo do universo. O fator 360 é o fator que os anjos e anunakis usam. Os anunakis passaram este conhecimento aos sumérios que trabalhavam com o fator 360 em vez do fator decimal. Este fator representa o círculo completo. Isso faz do Triângulo Dourado parte integrante e central do cosmos, eu diria um portal, uma porta. Se pegarmos o triângulo dourado e colocarmos um no lado do outro eles vão encaixando até o infinito, como malhas de mundos e dimensões paralelas. O cálculo em cima do triângulo dourado nós leva ao PI grego, o 3,14, é o DNA do universo, ele está na base da criação, da formação dos átomos e de todas as criaturas vivas. Isso nós leva a crer que o Triângulo Dourado é um segredo que nós conduz à essência da criação, ele é um escudo divino, a marca dos 144.000. O selo dos 144.000 é um Triângulo Dourado tendo dentro o nome do pai e do filho.
___ Eu creio que os dois ramos de oliveira ou dois tubos de ouro vistos por Zacarias são Enoch e Elias, mas também representam o nome do pai e do filho gravados no selo dos 144.000.
___ Sim, creio que o Triângulo Dourado é a porta que se abrirá quando os 144.000 deixarem este mundo material e irem para Sião, se tornando cidadão de dois mundos. Eles serão cidadãos de mundos celestes e também poderão atuar na terra como anjos. É assim que pregarão a Israel na grande tribulação juntando as 12 tribos de Israel e levando o mundo ao reino messiânico. Eles virão como cidadão de dois mundos agindo aqui, mas sumindo deste mundo e entrando no mundo celeste quando forem perseguidos pelos guerreiros do Anticristo. O segredo deles poder habitar os dois mundos é o selo, o selo que será colocado na testa, o triângulo dourado com o nome do pai e do filho.
Rodolfo estava confuso com aquele segredo, mas pouco a pouco ia se abrindo diante dele um segredo profundo que liga a terra a mundos paralelos criados pelo Eterno.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...